Chile no Cinema

Antes de visitar Santiago , Viña del Mar, Valparaíso ou mesmo a Ilha de Páscoa, sugerimos conhecer um pouco da história do Chile através do cinema!

Neruda

Neruda 2O filme 2016 (com Gael García Bernal), trata da grande perseguição que o poeta Pablo Neruda sofreu no Chile por denunciar internacionalmente as violações das liberdades individuais do regime ditatorial.

Em 1948, o poeta e senador Pablo Neruda, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, filiado ao Partido Comunista chileno, faz duras críticas ao governo. Por isso perde a imunidade parlamentar e o Presidente Videla encarrega um inspetor de polícia de prendê-lo. Neruda tenta fugir com a esposa, a pintora Delia del Carril, sem sucesso. Tem início então uma perseguição implacável em que o escritor se torna um fugitivo em seu próprio país.

O Carteiro e o Poeta

O_Carteiro_e_o_Poeta_Il_Postino_1994_Michael_RedfordO filme, de 1994,  trata do período em que Neruda viveu escondido na Itália. Por razões políticas o poeta se exila em uma ilha. Lá, um desempregado quase analfabeto é contratado como “carteiro” extra, encarregado de cuidar da correspondência de Neruda e aos poucos surge uma grande amizade entre os dois. O carteiro Mário aprende a escrever seus sentimentos por sua amada Beatrice e o poeta ganha, em troca, um ouvinte compreensivo para suas lembranças saudosas do Chile.

A poesia tem comunicação secreta com os sofrimentos do homem. (Neruda)

Você vai lembrar do filme ao visitar a “La Chascona“, a casa de Neruda em Santiago e a “La Sebastiana“, sua casa em Valparaíso. Se tiver tempo, Neruda tinha ainda uma terceira casa em Isla Negra, que também virou museu.

Allende

O golpe militar no Chile em 73 inaugurou uma das Ditaduras mais sangrentas da América Latina. Recentemente o governo chileno reconheceu publicamente que as vítimas chegam a mais de 40 mil.  Este filme mostra a traição, o cerco e assassinato do presidente democraticamente eleito, Salvador Allende.

Quando estiver em Santiago vai lembrar do filme quando for ao Palácio La Moneda, que até hoje conserva marcas de tiro, e também ao andar pela rua Londres atrás da igreja de São Francisco com suas dezenas de paralelepípedos gravados com os nomes dos mortos e desaparecidos… 17 anos de terror começaram aí.

Machuca

MachucaSantiago, Chile, 1973, governo do socialista Salvador Allende. Dois garotos frequentam uma escola católica de elite. Gonzalo Infante vem de uma família rica, de descendência europeia, enquanto Pedro Machuca tem descendência indígena, mora em uma favela e conseguiu uma bolsa de estudos graças ao projeto social liderado pelo Padre McEnroe. A amizade entre as crianças se desenvolve na mesma medida em que a situação política no país se deteriora e fica cada vez mais violenta, culminando no golpe do General Augusto Pinochet, a morte de Allende, a militarização da escola, a perseguição dos líderes comunitários e religiosos e o início da ditadura.

De Amor e de Sombra

De amoy y de sombraO filme de 1994, com Antonio Banderas, (baseado no segundo livro da escritora Isabel Allende, filha de um primo do ex-presidente), conta um pouco da história da dura história ditadura chilena. É um romance muito lindo e muito triste (recomendo também ler o livro).

Santiago, 1973. A história começa com o encontro casual entre Irene, uma jovem jornalista da aristocracia chilena, e Francisco, um fotógrafo, filho de um professor anarquista. A partir de uma reportagem rotineira, um mundo estranho, oculto pela história oficial, vai se revelando, fazendo-os sentir responsáveis pelos atos cruéis que ocorrem no país. E nas sombras do poder e do abuso, cada vez mais pressionados pelas injustiças e pelo ódio,  o amor de Irene e Francisco floresce como sinal de resistência.

Hoje, ironicamente, o número 38 da Calle Londres, onde funcionava um centro clandestino de detenção e tortura, abriga a sede do partido Socialista do Chile. Você vai lembrar do filme ao passar por ela.

A Casa dos Espíritos

La casaTambém escrito por Isabel Allende o romance é sua obra mais famosa e foi levado para o cinema em 1994. A história se passa no Chile ao longo de décadas (dos anos 20 aos 70) e conta a saga da família Trueba, que começa com a união de Esteban, um homem simples e bruto, que fica rico, e a jovem Clara del Valle. A sempre presente tensão no cenário social e político do país se desenvolve até a família ser atingida pelo golpe que derrubou o presidente Salvador Allende. A obra mostra também a ironia da elite conservadora, que apoiou os militares, sendo duramente oprimida pelo próprio regime que levou ao poder. O filme é uma superprodução e traz astros como Jeremy Irons, Meryl Stree e Glenn Close, além de Winona Ryder e Antonio Banderas. (Recomendo também ler o livro, que é realmente sensacional).

Colonia

Colonia-414763359-largeBaseado em fatos reais. 1973, Chile. Pinochet dá o golpe de estado com o apoio dos EUA. O Presidente Allende é assassinado e os militares executam sumariamente seus partidários e prendem centenas de pessoas, que são levadas a diversos locais e torturadas. Até aí é apenas história.

A trama: Um dos presos é um jovem alemão (Daniel Brühl). Para tentar salvá-lo, sua namorada (Emma Watson) se infiltra na Colonia Dignidad, uma comunidade de fundamentalistas religiosos dirigida por Paul Schäfer Schneider (um torturador, abusador e contrabandista de armas ligado aos militares escrotos). Com exceção do fato de que, na vida real, as fugas foram de um alemão e um chileno, ambos rapazes, o filme é bem fiel. (Em português se chama “Amor e Revolução”). Saiba mais sobre o caso nessa matéria da BBC.

No

No

No narra a história de René Saavedra (Gael García Bernal), publicitário acostumado a criar peças para a agência que trabalha.

1988. Devido à forte pressão internacional, o povo chileno é chamado para votar em um plebicito pela permanência, ou não, do General Augusto Pinochet no poder. Seu chefe está trabalhando na campanha do “Sim” e René recebe o convite para integrar a equipe do “Não”.

Sua missão: com poucos recursos e sob a constante observação dos agentes do governo, ele deve criar filmes e materiais promocionais que convençam a maioria do povo chileno a votar “No”, interrompendo assim a ditadura no país. Repressão, terror, medo, violência, desaparecimento… O Chile sob o comando de Pinochet sofreu todas estas violências e mostrar isso seria a linha de ação mais óbvia, entretanto o sucesso da campanha dependia de uma estratégia diferente.

Rapa Nui

RO filme de 1994 faz uma leitura a respeito da vida dos povos que habitaram a Ilha de Páscoa num período anterior à chegada dos europeus. Ele mostra a competição ancestral Tapati, que acontece todos os anos no mês de fevereiro. Entre as tarefas a serem realizadas estavam nadar em um mar repleto de tubarões, descer penhascos e ir até uma ilhota, onde era preciso pegar um ovo de pássaro. O grande vencedor era chamado de “homem pássaro” e tornava-se o líder da ilha durante o ano todo.

O filme ajuda a entender muitas das crenças e referências que depois, já em Rapa Nui, você irá observar em toda parte – desde as inscrições nas pedras, até o ritual milenar do curanto e as danças nativas. Também vai entender porque quase não há árvores na ilha inteira.

Los 33

los 33Dezenas de pessoas trabalham na mina San José, mas o dono ignora os vários avisos de instabilidade da mina, que acaba por desmoronar. A única saída fica bloqueada. Os 33 mineiros conseguem chegar à uma câmara para o resgate, mas descobrem que o rádio é inútil, o kit médico está vazio, os poços de ventilação não tem escadas e há muito pouca comida. Mario Sepúlveda (António Banderas) torna-se seu líder, dividindo os alimentos e tranquilizando os homens. O governo então decide intervir e ordena o uso de brocas para chegar à câmara. Após várias tentativas, conseguem localizar os mineiros e descobrem que estão todos vivos. Eles então recebem comida e roupas e passam a ter comunicação com a superfície. Finalmente, depois de dois meses soterrados, os mineiros são resgatados um a um. Baseado em uma história real ocorrida no Chile em 2010. Saiba mais sobre o caso nessa matéria da BBC.

Violeta se fue a los cielos

Violeta-se-fue-a-los-cielosO filme conta a história da cantora e compositora Violeta Parra. De família muito pobre, tinha 8 irmãos e dois meio irmãos. Seu pai era professor de música e a mãe camponesa, ambos admiradores da música folclórica. Entretanto, o pai era alcoólatra e viciado em jogo. Violeta estudou só até o 2º ano do secundário e largou a escola para cantar com os irmãos em bares e circos. Autodidata, tocava violão desde os 9 anos e começou na carreira aos 15. Pesquisou de ritmos, danças e canções populares e catalogou cerca de 3 mil músicas tradicionais. Gravou discos e trabalhou em rádio. Premiada, foi à Rússia, Polônia, Londres e Paris, onde viveu dois anos. Em 1958 fundou o Museu Nacional de Arte Folclórica Chilena. Em 1961 foi morar na Argentina, onde fez muito sucesso. Teve 4 filhos, sendo que duas morreram ainda crianças. Depois do 3º casamento voltou ao Chile e suicidou-se em 1967.

Violeta é considerada a mãe da canção comprometida com a luta dos oprimidos. Uma de suas canções mais famosas é Volver a los 17, conhecida pela bela gravação de Mercedes Sosa e Milton Nascimento. Gracias a la vida, gravada por Elis Regina, é outra antológica. O filme é baseado no livro de Ángel Parra (seu filho).

El Club

IMG_1930

Vivendo há anos no exílio, no longínquo povoado de La Boca, Vidal, Silva, Ramirez e Ortega, quatro padres aposentados, e uma freira, a irmã Monica, levam uma vida austera, sem poder se misturar aos demais moradores do vilarejo. Certo dia recebem a pertubadora visita de um conselheiro da igreja católica, enviado pela arquidiocese de Santiago, e aos poucos vamos descobrindo os terríveis pecados de cada um deles. Um filme super inteligente, com uma atmosfera que vai ficando cada vez mais densa. A trama expõe a hipocrisia e a sujeira que permeia a igreja desde sempre e a política, ainda vigente, de acobertamento dos crimes cometidos por seus membros. Atuações sensacionais.

O Fio Invisível

o-fio-invisivel-download-torrent-2021-dublado-dual-audio-bluray-1080p-720p-4k-hdAmanda muda-se para o interior do Chile com Nina, sua filha pequena, e logo conhece a nova vizinha, Carola, com quem faz amizade, embora a ache bastante estranha. Amanda sente que o perigo as ronda o tempo todo e que precisa proteger a filha, mas não consegue identificar a ameaça até ser tarde demais. Uma mistura de suspense psicológico e sobrenatural, a história é contada em flashback com dois narradores e é muito interessante. O cenário mostra a área agrícola do país.

Ardente Paciência (2022)

Ardente“Me gusta cuando callas porque estás como ausente, y me oyes desde lejos, y mi voz no te toca. Parece que los ojos se te hubieran volado y parece que un beso te cerrara boca” 

Isla Negra, Valparaiso, Chile. O jovem Mario Jiménez, filho de um pescador, arranja emprego como carteiro e começa a entregar cartas ao único morador que as recebe: Pablo Neruda. Encantado por seus poemas, Mario torna-se amigo do poeta. Ao se apaixonar por Beatriz González, a filha da dona do restaurante do lugar, Mario conta com a poesia de Neruda para ajudá-lo a conquistar seu amor. Nova versão do clássico de 1994, “O Carteiro e o Poeta”. Muito singela e muito bonitinha. Trilha com Los Jaivas.

Veja também:

Santiago do Chile

Comer e beber em Santiago

Os Cerros de Santiago

As casas de Neruda

Chile no Cinema

Vinã del Mar

Rapa Nui – onde e quanto ficar

Comer em Rapa Nui

Tradição Milenar

Os Vulcões

Os Moais

Publicado por Adelijasluk

Adeli é formada em Letras e pós graduada em Recursos Humanos, fala quatro línguas e adora conhecer outras culturas. Curiosa e teimosa, nas horas vagas planeja itinerários próprios para as viagens anuais com o marido. Edevaldo é funcionário público e cursou geografia e informática. Paciente, nas horas vagas estuda maneiras sensatas de viabilizar os itinerários da esposa. Viajam por conta própria e juntos já conheceram 208 cidades em 33 países.

Um comentário em “Chile no Cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: